Aquecimento Primavera/Verão

O que eu mais gosto nesse momento em que aguardo a chegada da primavera é minha capacidade de esquecer que odeio o calor. Enquanto sento em meu confortável quartinho ventilado com o frescor do fim de inverno, planejo o que vestir, como usar meus cabelos, faço listas de vestidos rodados, sapatilhas e sandálias que poderei usar, acreditando que as próximas estações serão etéreas, floridas e ensolaradas.

Mas não serão.

Quem eu quero enganar? O verão é o inferno e a primavera é um passeio no purgatório. Não dá pra ser etérea com suor de 43º escorrendo por todo o corpo. Penteado? Por deus, um rabo de cavalo descabelado desde que evite que um fio sequer grude em minhas costas. Moda? Qualquer coisa que não absorva o calor e me transforme em uma estufa. Todo ano a mesma coisa. E todo ano eu finjo esquecer. Para dar continuidade a tradição, essa é minha lista de favoritos que nunca serão comprados/utilizados por motivos práticos:

Delusional
Estampas, como não amar?
Sempre que o sol reaparece eu me encanto com estamparia sazonal e cores fortes, imaginando montar looks mais lúdicos. Dessa vez, me apaixonei por algumas variações do azulejo português, que deu o que tinha que dar muito rápido e ninguém aguenta mais. A estampa Benjarong, que encontrei na Maria Filó, é a porcelana tailandesa conhecida por suas cores vivas em formas geométricas e florais pintados à mão. Mais delicada e com uma variedade mais interessante, a padronagem não lembra parede de banheiro, o que já ganha pontos. Também tenho procurado inspirações em escamas – dã, sereismo, formas geométricas aleatórias, sem abrir mãos dos clássicos, como o petit pois preto e branco.

benjarong_082813 Benjarong-Maria-Filo1 REDDRESS_5 306886 306466
swirly doodads vintage graphicsfairy12ccreduzE os meus cabelos? Quanta diferença! Quero tranças, quero coques com tranças, quero flores no cabelo! Claro que isso não vai acontecer, mas não é lindo? Não entendo essa ideia de que arranjos florais devem ser exclusividade de festas de casamento ao ar livre e festivais hipsters. Variedade, galera. Se liberta dessa padrão de ‘como devemos ser’ e vai ser feliz. Se quiser jogar flores no cabelo, jogue. Ninguém pode te julgar.

il_570xN.288479171

Este slideshow necessita de JavaScript.

swirly doodads vintage graphicsfairy12ccreduzNão tenho grandes expectativas para calçados de primavera/verão, mas queria dividir com vocês que gastei R$65,00 na Di Santinni em dois sapatos vagabundérrimos mas adoráveis. Um é da Moleca e o outro só deus sabe. A sapatilha avermelhada meio étnica, meio navy (?) é da Moleca, a outra é uma pseudo espadrille listrada em azul marinho. Confortável, viu? Está quebrando um galho (:

swirly doodads vintage graphicsfairy12ccreduzComecei este post há séculos dias, mas uma apendicite me deixou de molho por mais tempo do que esperava. Ainda estou me recuperando, mas cheia de esperança de que a primavera possa trazer mais do que calor e insetos que mordem. Boa estação para vocês! <3

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s