5 motivos para não superar a saída de Sofia Coppola da direção de A Pequena Sereia

Vamos ser sinceros, desde a animação de 1989, não vemos uma versão de A Pequena Sereia que tire nosso fôlego. E mesmo com algumas produções em aberto durante 2015/2016, a questão no ar é: será que chegou a hora de quebrar esse jejum? Quando as primeiras notícias pipocaram na internet anunciando que a Univeral Studios faria um live action do conto de fadas, nós pulamos da cadeira. Por Netuno, eram TANTOS rumores maravilhosos: Joe Wright, de Orgulho e Preconceito, na direção? Emma Watson no papel de Ariel? A roteirista de 50 Tons de Cinza na equipe? A roteirista de Edward Mãos de Tesoura na equipe?! E o melhor, Sofia Diva Rainha do Universo Coppola na direção do longa???

tumblr_njvzsvWoq01t4vk7to1_500

E então… o fim.

drama

Foi decepcionante. O rumor virou realidade e, de repente, o sonho acabou. Dizem que na prática ela saiu porque sua escolha da protagonista não agradou o estúdio. Fiz uma matéria/muro das lamentações aqui com todas as informações da desistência.

Sofia era, sem dúvida, o melhor nome para a direção desse filme e vou dar cinco motivos para estarmos de hashtag luto por sua saída do projeto:

1 – Filmografia

Ela só dirigiu pérolas, minha gente. É um toque de Midas maravilhoso que transforma toda produção que encosta em ouro. A primeira vez que ouvi o nome Sofia Coppola na direção foi no clipe ‘I Just Don’t Know What To Do With Myself’ da banda White Stripes. Já chegou chutando a porta e falando a que veio. Depois, no cinema, ela veio com As Virgens Suicidas, Encontros e Desencontros, Maria Antonieta, Um Lugar Qualquer e Bling Ring. Todos INCRÍVEIS. Você assiste cinco minutos e sabe que o filme é dela, tá ali a assinatura visual. A Pequena Sereia nas mãos de Coppola seria um clássico instantâneo.

coppola

2 – Trilha Sonora

Sofia tem um ótimo gosto musical e consegue casar bem trilha sonora e filme, usando músicas inusitadas e combinações surpreendentes. Outra coisa que ela casou bem foi ela mesma com Thomas Mars, vocalista da banda Phoenix. Eles se conheceram quando ele cedeu uma música para o filme Encontros e Desencontros e estão juntos desde 2011. Se por gosto pessoal ou influência do maridão, a gente não sabe, mas a presença do rock clássico e alternativo nos seus filmes é enorme. Por exemplo, a trilha sonora de Maria Antonieta, que se passa na França durante a Revolução Francesa, conta com Siouxsie and the Banshees, The Strokes, The Cure, Air e muito mais. Aliás, o duo francês Air é responsável pela produção de tooooda a trilha de As Virgens Suicidas. E o resultado é um soprinho de verão. Imagine o que não seria nossa Ariel sonhadora na sofrência ao som de uma dessas bandas? *suspiro*

3 – Dedinho bom para protagonistas

Vamos por ordem de lançamento dos filmes?

mocinhas

Você pode até duvidar do talento dessas meninas analisando a carreira delas. Mas nessas obras… amor, apenas. Então, imagine Ariel. Imagine.

4 – Figurino

Sofia sempre trabalha com pessoas super criativas no desenvolvimento dos seus figurinos, escolhidas a dedo para transmitirem essa pegada corky/vintage/hipster que adora. Inclusive, ela conseguiu Milena Canonero (te amo, mestra), a figurinista italiana mais maravilhosa do mundo, para fazer o costume designer de Maria Antonieta e OPS OLHA UM OSCAR AQUI risos. E até mesmo os longas que não receberam grandes prêmios conseguiram deixar uma marca profunda no público, lançando pequenas tendências e construindo personagens com identidade – que a gente ama copiar, se inspirar ou pelo menos homenagear em festas à fantasia. Fica um beijo também pra galera de direção de arte e maquiagem pelas paletas de cores que dão vontade de comer…

E em quinto lugar…

.

.

.

.

.

.

5 – EU QUEEEERO QUE SEJA EEEEEELA :((((((((

Sofia era, sem dúvida, o melhor nome para a direção desse filme e o quinto e mais importante motivo é PORQUE EU ACHO QUE SIM E QUERIA QUE FOSSE ELA MEO DEOS O QUE EU FIZ PRA MERECER ISSO SOU TÃO MANEIRA CUIDO DOS ANIMAIS FAÇO AS COISAS DA CASA NÃO OLHO BOY DAZAMIGA O QUE EU TE FIZ QUE KARMA HORROROSO É ESSE 100OR AJUDA

tumblr_nm03tqfGSz1tttz8uo1_500

Sofia Coppola é conhecida por fazer filmes introspectivos, dramas sobre a tristeza e aquele sentimento de deslocamento do mundo. ALOOOOU? Alguém aqui não pensou na Ariel?

tumblr_nckhxeqn8L1u007ujo1_500

Que fiasco, Universal.

Que tristeza, migos.

Anúncios

Um comentário sobre “5 motivos para não superar a saída de Sofia Coppola da direção de A Pequena Sereia

  1. Pingback: Chloë Moretz será Ariel em ‘A Pequena Sereia’ live action | Sereismos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s