Vem aí o remake de Splash – Uma sereia em minha vida!

Agosto, mês do desgosto? Não aqui no Sereismos! Dias após o produtor Brian Grazer sacudir nossas cabecinhas com a possibilidade de um remake de Splash: Uma Sereia em Minha Vida, entra em cena a confirmação oficial: a Disney mergulhou mesmo de cabeça (RISOS) em uma nova versão desse clássico dos anos 80!

Splash Giff

Caso você tenha esquecido ou seja novinho(a) e não saiba muito sobre o filme, vamos ao resumão. Splash é uma comédia romântica de 1984 com Tom Hanks e Daryl Hannah como protagonistas e Ron Howard na direção. Na história, a sereia Madison salva a vida do jovem Allan Bauer e se apaixona. A stalker fofa decide procurá-lo em Nova Iorque, já que fora da água ela tem pernocas. Tudo parece que vai bem, Allen também se apaixona, mas pesquisadores descobrem que Madison é uma sereia e tentam transformá-la em cobaia para experimentos malucos.

A surpresa é que, na nova versão, os papeis serão invertidos: uma humana irá se apaixonar por um homem que é na verdade um tritão.E o melhor? Ele será interpretado por ninguém menos que Channing Tatum, que embarcou no projeto graças à Jillian Bell, com quem trabalhou em Anjos da Lei 2. Bell interpretará a humana da história e já podemos esperar uma super dose de humor com esses dois juntos!

552605

ac_channingtatum_splash-620x659

Por enquanto nada de cronograma planejado para produção e lançamento, mas vamos ficar aqui na torcida para que mais detalhes vazem em breve ;)

Vai ser lindo!

Chloë Moretz será Ariel em ‘A Pequena Sereia’ live-action

Acabooooou! É teeeeeetra! Depois de muitas especulações e decepções com as escolhas da Universal a respeito do filme A Pequena Sereia, em versão live-action, já temos uma Ariel e ela é linda! A jovem atriz Chloë Moretz está confirmadíssima e muito empolgada para assumir o papel!

chloe

Dando uma olhadinha aqui e acolá na repercussão da notícia, percebo que os amantes da personagem estão divididos. Muitos, como eu, amaram a escolha. Chloë é uma ótima atriz – com filmes como Kick-Ass, Carrie, Deixe ela entrar, Equalizer e Se eu ficar no currículo -, dedicada, bonita, com um super tino para o drama. Outros acham a menina meio dark, com seu jeito fechado, sorriso pequeno, gosto para filmes mais complexos. Gente, a menina fez Carrie e um filme do Tim Burton, mas isso não faz dela a Mortícia Adams rs. É aquela velha história, discordo, porém respeito (mais ou menos).

Mas acrescento uma coisa, a história original da Pequena Sereia por Hans Christian Andersen é SUPER sombria. Nada bonitinha como a animação da Disney. E não fazemos a menor ideia da proposta do estúdio.

Se que é que já existe uma proposta…

De filme, os bastidores da produção do longa A Pequena Sereia passou a ter status de novela – e mexicana – com drama, entra e sai de diretores e roteiristas e barraco por diferenças irreconciliáveis. A princípio nós surtamos com a notícia da produção do filme, especialmente porque o longa contaria com os dedinhos da roteirista de Edward Mãos de Tesoura, Caroline Thompson, e da direção uma das minhas musas – e deusas do universo -, Sofia Coppola

sofia_coppola_2595726b

E enquanto metade do mundo pensava ‘pelamor, Coppola, não estrague a Pequena Sereia blá blá blá….’, eu tinha a certeza de que ninguém era mais indicado para esse projeto.

sofia-coppola-set-to-make-live-action-little-mermaid__oPt

Mas o sonho acabou. A Universal queria um elenco comercial, mas Coppola queria apostas desconhecidas do público, com aquela pegada indie tão característica sua. Por exemplo, queria que Ariel fosse interpretada pela jovem atriz Maya Thurman Hawke, filha de Ethan Hawke e Uma Thurman, mas o estúdio não estava de acordo. As divergências resultaram no fim de uma parceria que tinha tudo para ser incrível.

drama

E estamos de luto até hoje: 5 motivos para não superar a saída de Sofia Coppola da direção de A Pequena Sereia!

Daí em diante, Caroline Thompsom também abandonou o barco. O roteirista Richard Curtis – de Love Actually, Quatro Casamentos e Um Funeral e Um Lugar Chamado Notting Hill – assumiu o pepino e já não temos qualquer expectativa além de torcer pra tudo dar certo.

Hollywood, por favor, pare de brincar com nossos sentimentos.