Na playlist: girls only!

A playlist de hoje é clube da luluzinha e só tem meninas arrasando! Cada uma do seu jeitinho, com seu estilo, mas fazendo o que sabem fazer de melhor ;)

Para começar, a musa encantada deste blog, Florence + The Machine. Flo lançou o vídeo da música ‘Delilah’, a sexta do novo álbum ‘How Big How Blue How Beautiful’. Todos os vídeos são interligados e contam uma história muito bonita. Flo está, como sempre, linda, etérea e provando que o mundo mágico está aí na nossa cara. Pode não ser sereia, mas é fada, galere, acreditem.

Mais uma musa do blog, Gwen Stefani está naquela vibe vida nova, tudo novo. Recém separada de Gavin Rossdale, parceiro por mais de dez anos e pai dos seus três filhos, a mocinha mostrou que é gente como a gente e está cuidando do visú, postando  montes de fotos no instagram e fazendo músicas cheias de indiretas para o ex. ‘Used To Love You’ é a nova da carreira solo de Gwen. Meio balada, meio animada, meio sofrida, meio legal rs

Jessie J fica com a última e mais fofa parte desse post! A Disney está prestes a lançar a coletânea ‘We Love Disney’, com seus maiores sucessos musicais, os clássicos das animações, repaginados por artistas pop. Jessie J é a voz da nossa Ariel, cantando LINDAMENTE ‘Part Of Your World’! O álbum ainda terá Ariana Grande, Jason Derulo, Gwen Stefani, NE-YO e mais um monte de gente:

Gostaram?

Anúncios

Grammy Awards 2015: Sereismos e looks da premiação!

Neste domingo aconteceu o Grammy Awards 2015, uma premiação tão séria e relevante que até mesmo os cantores pop têm vergonha de cantar suas canções barulhentas, com refrões grudentos e partem pro gospel. Estamos de olho Bey e Katy hihi :D Brincadeiras a parte, a noite foi cheia de vitórias surpreendentes, apresentações que não empolgaram e milhares de prêmios para Sam Smith. Sério, MILHARES. As roupas estavam lindas, mas repetitivas, já que o vestido com transparência fake ou não, franjas e/ou pedrarias virou o uniforme de gala do momento. Se você não viu os sereismos e lindezas da noite, separei tudinho aqui ;)

Taylor Swift arrasou em um Elie Saab que eu MATARIA para ter. De longe, o melhor vestido da noite. Cor incrível, textura incrível, modelagem incrível, recortes incríveis e vocês podem pedir para eu parar poque posso continuar a enumerar coisas incríveis. Destaque também para os brincos Lorraine Schwartz. Incríveis.

Katy Perry apareceu no red carpet linda com um Zuhair Murad bem sexy e sapatos Sophia Webster e eu instantaneamente pensei: “que maravilha deve ser poder mudar a cor do cabelo com tanta frequência sem sofrer com a possibilidade dele cair inteiro e você ficar careca, não é mesmo Katy?”. Logo depois, a mocinha sobe ao palco vestida de madre da Noviça Rebelde, com cabelo preto boi lambeu e CADÊ? Estou super confusa, miga.

Rihanna foi de Giambattista Valli Haute Couture em forma de cupcake. O vestido rendeu memes e outras dúzias de brincadeiras a internet, mas achei ousado e interessante. Na verdade, ganhou pontos só por fugir do vestido justo, nude, com pedrariazzZZzZzz…

Periguetismo sereista da noite ficou por conta de Paris Hilton, Rita Ora e a caçulinha Kardashian, Kylie Jenner. Muito recorte, muita transparência, uma pitada de sereismos e um resultado… duvidoso hahaha.

Lady Gaga chocou por sair do personagem freak e entrar na persona musa dos anos 20, em um vestido branco escamado Brandon Maxwell. Uma boa tentativa, mas Gaga não sabe ser sóbria e blasé, né? Pelo menos faturou o merecido prêmio de Melhor Álbum Pop Vocal Tradicional, por Cheek To Cheek, em parceria com Tony Bennett.

Kim Kardashian estava bem bonita em um Jean Paul Gaultier bordado e dourado. O corte long bob favoreceu seu rosto e deixou a silhueta da moça mais jovial. Nem acredito que escreverei essas palavras, mas Kim acertou.

O Troféu “Mas sério, qual é a sua?” vai para Iggy Azalea e Meghan Trainor que nunca parecem ter identidade ao se vestir. Iggy sempre com cara de sono. A mulher me sai num longo azul matador e uma trança incrível e faz cara de “queria estar em casa de pijamas assistindo reprises de Friends”. Difícil, puxado. Meghan… aff. Prefiro nem falar. Só espero que ela tenha pego o buquê.

A musa deste blog, Gwen Stefani, estava um arraso de Atelier Versace Christian Louboutin. Ela ainda cantou com Adam Levine no evento, mas foi uma apresentação meio caída, para tristeza geral. O que salva é a certeza de que todas as apresentações do Grammy foram bem caídas.

E, para terminar, uma galeria aleatória com vários looks da noite que não foram interessantes ou assustadores. Mas a classificação de cada um fica por sua conta rs (mas as legendas são algumas dicas)

Fotos: Just Jared

5 motivos para querer ser Gwen Stefani!

5motivos-Gwen Gwen Renne Stefani completou 45 anos no dia 3 de outubro e continua sendo inspiração para mulheres de todas as idades, em vários cantinhos do mundo. Musa Ska dos ano 90, a vocalista da banda No Doubt continua sendo diva em 2014. O segredo? Nunca saberemos. Mas dá pra listar o que mais amamos nessa fofura de pessoa!

1 – Ela sabe lançar tendências
Gwen encosta e vira ouro, impressionante. Nos anos 90, seu estilo foi um dos mais copiados entre as mocinhas. Todo mundo queria usar a combinação de calça super bag, suspensórios soltos e Doctor Martens. O cabelo, de todas as formas e cores, sempre caiu no gosto popular. Quando ela fez ‘buns’ e ‘rolls’, a moda pegou rapidinho. O bindi, acessório indiano usado grudadinho na testa, foi uma febre. Assim como a fase de acessórios bling bling. E sempre que se fala em louro divo platinado, o nome dela vem à cabeça.

2 – Estilo inconfundível
Desde a adolescência, Gwen é referência de estilo, mesmo passando por váááárias fases. Que eu me lembre teve: ska, diva 50’s, harajuku girl, india fever, skater, pop glam, tudo lindo e cheio de referências culturais maravilhosas. Óbvio que uma pessoa com tanto bom gosto leva jeito pra moda. Desde 2004, ela tem sua própria marca! A L.A.M.B , uma homenagem ao seu primeiro álbum Love. Angel. Music. Baby., é focada em roupas e acessórios com inspiração japonesa, guatemalteca e jamaicana. Muita lindeza.

 3 – Família ostentação
Gwen é casada com Gavin Rossdale, vocalista da banda Bush, desde 2002 e tem três lindos meninos: Kingston, Zuma Nesta Rock e Apollo Bowie Flynn. Além dos melhores nomes do mundo, os meninos tem um estilo pessoal impagável. Os pais deixam o gosto de cada um ditar as escolhas de imagem, então eles têm cortes de cabelo, roupas e até unhas pintadas de formas maravilhosamente rock and roll. Ainda assim, estamos aí na expectativa de Gwen colocar uma menininha nesse mundo. Imagine a princesa.

4 – O tempo é generoso
Nunca entenderemos qual o seu segredo da beleza. Espero que um dia a ciência explique esse mistério. Aos 45 anos, ela faz inveja em muitas meninas de 20 e pouco anos (incluindo euzitcha). E nada de excesso de botox ou plásticas visíveis, ela tem até hoje uma beleza natural. As recalcadas se giletam.

5 – Madeixas coloridas
Ela tem um pouco de sereia dentro de si e já abusou das cores. Mas rosa segue sendo a cor do coração e dos fios ♥

Quando eu crescer, quero ser igual a ela ♥

Os cabelos do MTV Video Music Awards 2014!

No fim de semana, rolou o Video Music Awards da MTV e metade do mundo parou para fazer aquele update bonito e ficar ligadinho em quem iria passar mais vergonha, ficar pelado ou sambar na cara das recalcadas. A premiação em si não tem lá tanta importância, porque o red carpet é a estrela. Tem gente que não percebe isso e vai pra festa com o visú mais cagadinho do mundo. Minhas favoritas são as pessoas que ficam tanto tempo escolhendo a roupa perfeita que saem de casa sem sequer passar uma escova no cabelo. Dessa vez não foi tão exagerado, mas teve fios e cores pra todos os gostos. Vamos aos destaques!

Taylor Swift fugiu do liso com ondinhas bagunçadas e arrumadinhas. A franja fofa é a graça do visual, porque né… cabelo perfeitamente desarrumado já deu. Demi Lovato parou de colorir os cabelos, passou a tesoura, reforçou o sidecut e parece ter se arrependido fortemente porque chegou TRAVADISSIMA no VMAs.  Ke$ha continua sereiando com seu mermaid hair cada vez mais colorido. Ganhou pontos pela combinação de cores fofas. Perdeu pontos porque parece que o cabelo precisa de um shampoo. Não volte atrás, Ke$ha, continue tomando banhos.

Jessie J pegou inspiração na Madonna espiritualista de 1999, caprichou na henna preta, dividiu ao meio e…. cabô. Não que tenha ficado ruim, mas é só um cabelo liso repartido ao meio. J-Lo…. o que dizer? Vai aos eventos teens só pra roubar a juventude da galera novinha e esquece de arrasar com o cabelão. Poxa Jennifer, me aparece com esse corpão e um cabelo sem graça,  liso, repartido ao mezzZzZZzZZz…. Já Iggy Azalea resolveu mandar o clássico ‘boi lambeu’. THE HORROR, mas né? Cada um sabe da sua vida e tal.

Lucy Hale… tive que jogar no google, mas descobri que a fofa é cantora e atriz. Tirando o fato de ninguém saber quem é, tá de parabéns arrasou no cabelo preso, valorizando o rosto lindo e brinco ostentação. Kelly Rowland está grávida. E todo mundo sabe que não dá pra falar mal de mulher grávida. Então, vamos só comentar que… bom, a trança embutida cruzando a testa ficou… confusa. Fim. O que dizer de Kylie Jenner, essa mocinha que conheço há pouco tempo e já considero pacas? Só uma coisa: traga seu mermaid hair de volta, menina. Preto é muito simples pra você! E para com as plásticas, você nem tem 18 anos! Já parece ter 33, caceta.

Solange Knowles foi minimalista e meio creepy. Não sou fã de grandes volumes, mas nela funciona. Vamos combinar, Solange pode ser meio desequilibrada e bater no marido da irmã por aí, mas tem um puta estilo. Lordezinha tá sempre igual e sempre linda. Um dia cansaremos desse visú, ms ainda não chegou esse momento. Chloe Moretz é uma fofura. O rosto dela é pequeno e achatadinho, mas ela é uma fofura. O cabelo foi básico: loiro de sempre com ondas leves, perfeitamente bagunçado, bem american girl, bem boring.

Beyoncé é uma diva. O cabelo é sempre referência. Se ela raspasse e deixasse só uma trança roxa na nuca, o mundo seria um lugar bem esquisito cheio de pessoas com cabelos raspados e tranças roxas no dia seguinte. Mas ela sabe o que funciona, a fórmula do cabelo de diva pop: volume, cachos grandes, dois ventiladores. Voilà! E Gwen Stefani, a minha musa do coração. Como pode ser tão bonita? Como pode envelhecer tão bem? Sempre com uma pegada retrô, Gwen caprichou em um roll fofo e um liso perfeito. Acabou, mundo zerado. Bye, bitches.

Gostou do visual das meninas? Então conta pra mim qual a sua favorita!

~todas as fotos por Just Jared ~
tumblr_nau9ky5E4R1qh9nffo1_500

3 coisas – que aconteceram essa semana ;)

gwen-stefani-confirms-the-voice1 – Gwen solta a Voice!

Eu adoro a banda No Doubt e sou apaixonada pela vocalista Gwen Stefani. Ela tem o pacote perfeito de beleza + talento + família fofa, o que me dá vontade de puxá-la no cantinho e falar ‘gata, quer ser minha amiga?’. Como o último álbum da banda só pareceu ser legal para mim e para a família dos músicos, já estava acostumada a não saber muito da Gwen. Mas, uma ótima notícia agitou os fãs da mocinha nos últimos dias: ela é a nova jurada da sétima temporada de The Voice! O anúncio foi feito em seu Instagram com a frase ‘It’s true! Fofa, gente. Gwen fecha o quarteto com o também novato Pharrell Williams e os veteranos Adam Levine e Blake Shelton. Pelo jeito, Shakira rodou mesmo.

2 – Blake Highlandery!

A eterna Serena de Gossip Girl, Blake Lively, está com projeto novo e parece ser bem legal. Fotografada filmando no Canadá, Blake revelou alguns detalhes do figurino do longa ‘The Age of Adaline”, um drama previsto para 2015 sobre uma mulher que sofre um acidente e para de envelhecer. Boa escolha para a protagonista, já que Blake está com a MESMA cara desde aquela porcaria conhecida como ‘Quatro Amigas e Um Jeans Viajante’. Bom, ‘The Age of Adaline’ também conta com Harrison Ford e Michiel Huisman, o ator que está causando suspiros fazendo o papel de Daario Naharis na série Game of Thrones! Fiquei curiosa, mesmo sabendo que será um daqueles filmes em que o amor faz a menina abrir mão de tudo, blá blá blá. Não adianta, adoro esses clichês.

rihanna-vogue

3 – Sexy Riri

Se alguém se apossou do termo ‘sambando na cara da sociedade’, essa pessoa foi Rihanna. Ninguém espera muito de uma artista pop muito nova, vamos ser sinceros. Ela vai ser engolida pela gravadora, alguns dizem. Os pais vão segurar a onda, outros falam. Ela vai surtar, a maioria grita. Mas, até agora, Rihanna fez apenas o que quis, se manteve fiel à sua loucura, correu atrás do que queria, sambou semi-nua no Carnaval, fumou, bebeu, ostentou, voltou com ex-babaca pra mostrar que mulher é idiota, terminou com ex-agressor porque percebeu que não precisava ser idiota…

Olha, taí uma menina autêntica.

Como a única coisa que ela possui maior que a conta bancária é o ego, mais uma vez posou sensualizando para duas revistas que estão chegando agora às bancas. Na Vogue brasileira, Riri sensualiza na praia em Ilha Grande e faz carinha de quem está gostando demais em duas opções de capas. Na Lui francesa, o negócio esquenta e rola peitinho de fora, bundinha escancarada e aquela marca de biquíni branquela horrorosa que toda americana tem. Achei artístico, mas estão polemizando por aí… #LeaveRiriAlone