Sereismos do dia: celebridades no Halloween!

Fim de outubro, Halloween chegando e todas as celebridades gringas já estão com o arsenal de fantasias escolhidas para as festas prontinho. Morro de inveja. O Brasil não tem tradição de Halloween, viva a cultura nacional, mas sempre aparecem umas festinhas aqui e ali, não é verdade? Por isso, é legal dar aquela olhadinha nas opções de fantasia. Opções estas que não são exatamente opções porque somos todas(os) loucas apaixonadas(os) por sereias que não conseguem imaginar outro tema. Bom, para inspirar ou ressaltar um sentimento de puro recalque, resolvi listar o que algumas celebs usaram para o Dia das Bruxas nos últimos anos. Não são muitas opções, mas são ótimas!

Vamos entrar na cápsula do tempo e falar de Mariah Carey em 2003. Quando seus seios e sorrisos eram mais naturais, Mariah deu uma super festa de Halloween fantasiada de sereia. E arrasou por motivos de: linda.

53a07970d8fea_-_cosmo-02-mermaids
Em 2012, Kim Kardashian era uma ferrenha divulgadora do sereismo. Ao ser hostess do Midori Green Halloween ao lado de um Kanye West marinheiro, Kim escolheu uma fantasia que ressaltou absolutamente todas as suas formas. A reality star abusou de conchas, pérolas e uma saia/cauda verde escamada com lantejoulas. Até hoje falam muito mal da Kim por essa fantasia, mas achei maravilhosa. Gente, a moça tem silicone, quadrilzão, uma super bunda, qualquer fantasia fica exagerada porque até as roupas normais dela ficam. Não critiquem a sereia.

Heidi Montag (lembram dela em The Hills? nem eu), em 2007, promoveu o inusitado encontro entre uma sereia e o Homem Aranha no Halloween. Simples, sem grandes acessórios ou maquiagem realista, mas bonito! Na époc ela foi mais elogiada pelo marido do que pela fantasia. Uma injustiça.

53a079789164f_-_cosmo-10-mermaids

Lena Dunham, atriz, escritora, roteirista, cineasta e bombril, tem uma antiga e apaixonada relação com sereias no Halloween. Ainda criança, decidiu ser uma princesa fada por não conseguir decidir por um ou outro. O pai então encarregou-se de confeccionar um par de asas e uma cauda. Já na adolescência optou por ser uma sereia sexy para a data, na tentativa de perder a virgindade. Falhou rs

Em 2013, a modelo, atriz e, sei lá, rostinho bonito (até parece que é só o rosto rs), Melanie Iglesias – que ao contrário do que imaginei enquanto montava esse post, não tem qualquer relação com o cantor Henrique Iglesias e seu filho pintoso – encarnou a sereia que a gente sonha em ser na superfesta de Halloween da Heidi Klum. Linda, com a maquiagem perfeita, o top de conchas dos sonhos, a cauda/saia que dá mobilidade. MORRENDO DE INVEJA, para Melanie, que saco.

Falando de 2015, Colton Haynes, ator da série Arrow, pegou a inspiração em A Pequena Sereia e decidiu ser… Linguado? Sebastian? Príncipe Eric? Noup, Úrsula! Fantasia tão criativa quanto trabalhosa, ainda exibia um seio de fora. Sexy, sem ser vulgar rs

Releitura boa também foi da top blogger Camila Coutinho! A dona do Garotas Estúpidas passou a noite de Halloween de Ariel Punk, com direito a saia escamada, top de spikes e tatuagens pelo corpo! Ficou linda, não?

Anúncios

Grammy Awards 2015: Sereismos e looks da premiação!

Neste domingo aconteceu o Grammy Awards 2015, uma premiação tão séria e relevante que até mesmo os cantores pop têm vergonha de cantar suas canções barulhentas, com refrões grudentos e partem pro gospel. Estamos de olho Bey e Katy hihi :D Brincadeiras a parte, a noite foi cheia de vitórias surpreendentes, apresentações que não empolgaram e milhares de prêmios para Sam Smith. Sério, MILHARES. As roupas estavam lindas, mas repetitivas, já que o vestido com transparência fake ou não, franjas e/ou pedrarias virou o uniforme de gala do momento. Se você não viu os sereismos e lindezas da noite, separei tudinho aqui ;)

Taylor Swift arrasou em um Elie Saab que eu MATARIA para ter. De longe, o melhor vestido da noite. Cor incrível, textura incrível, modelagem incrível, recortes incríveis e vocês podem pedir para eu parar poque posso continuar a enumerar coisas incríveis. Destaque também para os brincos Lorraine Schwartz. Incríveis.

Katy Perry apareceu no red carpet linda com um Zuhair Murad bem sexy e sapatos Sophia Webster e eu instantaneamente pensei: “que maravilha deve ser poder mudar a cor do cabelo com tanta frequência sem sofrer com a possibilidade dele cair inteiro e você ficar careca, não é mesmo Katy?”. Logo depois, a mocinha sobe ao palco vestida de madre da Noviça Rebelde, com cabelo preto boi lambeu e CADÊ? Estou super confusa, miga.

Rihanna foi de Giambattista Valli Haute Couture em forma de cupcake. O vestido rendeu memes e outras dúzias de brincadeiras a internet, mas achei ousado e interessante. Na verdade, ganhou pontos só por fugir do vestido justo, nude, com pedrariazzZZzZzz…

Periguetismo sereista da noite ficou por conta de Paris Hilton, Rita Ora e a caçulinha Kardashian, Kylie Jenner. Muito recorte, muita transparência, uma pitada de sereismos e um resultado… duvidoso hahaha.

Lady Gaga chocou por sair do personagem freak e entrar na persona musa dos anos 20, em um vestido branco escamado Brandon Maxwell. Uma boa tentativa, mas Gaga não sabe ser sóbria e blasé, né? Pelo menos faturou o merecido prêmio de Melhor Álbum Pop Vocal Tradicional, por Cheek To Cheek, em parceria com Tony Bennett.

Kim Kardashian estava bem bonita em um Jean Paul Gaultier bordado e dourado. O corte long bob favoreceu seu rosto e deixou a silhueta da moça mais jovial. Nem acredito que escreverei essas palavras, mas Kim acertou.

O Troféu “Mas sério, qual é a sua?” vai para Iggy Azalea e Meghan Trainor que nunca parecem ter identidade ao se vestir. Iggy sempre com cara de sono. A mulher me sai num longo azul matador e uma trança incrível e faz cara de “queria estar em casa de pijamas assistindo reprises de Friends”. Difícil, puxado. Meghan… aff. Prefiro nem falar. Só espero que ela tenha pego o buquê.

A musa deste blog, Gwen Stefani, estava um arraso de Atelier Versace Christian Louboutin. Ela ainda cantou com Adam Levine no evento, mas foi uma apresentação meio caída, para tristeza geral. O que salva é a certeza de que todas as apresentações do Grammy foram bem caídas.

E, para terminar, uma galeria aleatória com vários looks da noite que não foram interessantes ou assustadores. Mas a classificação de cada um fica por sua conta rs (mas as legendas são algumas dicas)

Fotos: Just Jared